O Evento 2013
Sobre o Evento Novidades Multimídia Músicas Revista Digital Contato
Participe do WCS
Etapas Classificatórias Regras Faq
WCS - Etapa JBC Brasil
Sobre o WCS WCS no Twitter
Mangás JBC
capa de BTOOOM! #08 BTOOOM! #08 Ressurreição Love Hina ESP. #10 A estação do amor Onde Comprar

Regras Gerais do World Cosplay Summit 2011

Recursos
Texto Aumentar Diminuir

Regras Gerais do World Cosplay Summit 2011

I – Regras Gerais
1.1. O formato do campeonato de 2011 será em apresentações de duplas: dois homens, duas mulheres ou um casal.

1.2.
As fantasias devem, obrigatoriamente, remeter a personagens de quadrinhos, desenhos e games japoneses (mangás, animes e games). Mesmo que uma produção americana tenha versões das histórias em mangá e/ou anime, o que vai contar é a origem da produção.

1.3. Os cosplays baseados nos personagens da “Editora Shueisha” como Naruto, Bleach, entre outros, estão proibidos de serem usados no WCS. É imprescindível a prévia verificação se o tema escolhido para sua apresentação não remete a personagens da referida editora.

1.4. As fantasias devem ser manufaturadas artesanalmente. Fantasias pré-fabricadas não serão aceitas. Acessórios pré-fabricados poderão ser usados em conjunto com a fantasia artesanal, mas deverão ser devidamente modificados pelo cosplayer.

1.5. Os cosplays da dupla devem pertencer ao mesmo mangá, anime ou game. (Por exemplo: Ryu de Street Fighter II e Kagome de Inu-Yasha não poderão pertencer ao mesmo time).

1.6. Tanto a “Parada Cosplay” quanto o “Campeonato Cosplay” fazem parte do “World Cosplay Summit”. O “Campeonato de Cosplay” tem o objetivo de eleger os melhores cosplayers do mundo.

1.7. Como caráter publicitário e jornalístico, as imagens do processo seletivo de candidatos serão utilizadas em diversas formas de mídia pela “TV Aichi” e “Editora JBC”, como programas televisivos, websites, jornais e revistas. Não haverá compensação financeira pela cessão das imagens para fim promocional.


1.8.
A “Editora JBC” e a “TV Aichi” possuirão os direitos de todas as imagens (vídeo e fotografias) relacionadas ao WCS 2011 não restringindo outras formas de propaganda como anúncios em jornais e revistas. Esta regra vale para antes, durante e após a data de permanência dos representantes no Japão e inclui qualquer outra promoção do evento em mídias parceiras.

1.9. Após o WCS 2011, essas imagens (vídeo ou fotografias) dos participantes que pertencem à “TV Aichi” e à “Editora JBC” poderão ser usadas em programas e outros formatos de transmissão como material publicitário, além de quaisquer outras produções secundárias como DVDs e conteúdo de páginas web sem acarretar em compensações financeiras aos participantes.

1.10. Finalistas do WCS 2011 Etapa JBC Brasil podem ser requisitados para ceder entrevistas, participar de programas televisivos, radiofônicos, eventos e outras formas de divulgação, inclusive on-line. Para tanto, devem concordar, desde já (no ato de sua inscrição), que farão o possível para cooperar e estarem presentes nesses eventos. Qualquer convite para entrevistas ou participação em eventos deve ser comunicado ao organizador do evento (Editora JBC).

1.11. Para garantir o contínuo crescimento do evento, a “TV Aichi” exige cooperação dos participantes e respeito às regras do campeonato que valem não só para o período em que ocorre o WCS 2011, mas também para antes e após sua realização. A “TV Aichi” e a “Editora JBC” garantirão um ambiente de competição amigável e intercâmbio entre os participantes com espírito esportivo e boa vontade, pois se torna impossível alcançar esses objetivos sem a total cooperação de todos.

1.12. Buscando o objetivo de integrar os cosplayers de todo o mundo, a dupla e/ou participante que não colaborar com o bom andamento das seletivas, Final Nacional e/ou Final Internacional, ficará suspenso do concurso no ano seguinte ao de sua participação tumultuada. Neste caso, sua inscrição não será aceita em seletivas em território nacional.

1.13. Entende-se por não colaboração com o bom andamento das seletivas e/ou Final Nacional, por exemplo: atrasar e/ou não cumprir o cronograma passado; atrapalhar as atividades do evento; não colaborar com a organização do evento, dentre outras atitudes.

1.14. Fica vedada a participação de parentes e/ou de pessoas envolvidas com a organização do concurso e/ou seletivas, sob pena de desclassificação.

II – Das Pré-inscrições e Inscrições
A escolha das duplas finalistas do WCS 2011 Etapa JBC Brasil será feita por meio das seletivas em eventos parceiros espalhados pelo país. O participante deverá escolher a seletiva mais próxima da sua região, fazer uma pré-inscrição on-line (no período determinado) e legitimar sua inscrição, no dia do evento escolhido, com a assinatura da ficha de inscrição. As vagas para a final nacional serão preenchidas à medida que as duplas vencedoras de cada seletiva forem escolhidas.

2.1. Para participar das Seletivas WCS 2011, as duplas candidatas deverão escolher uma das seletivas e fazer uma pré-inscrição por meio do site oficial WCS Etapa JBC Brasil (www.wcsbr.com.br) e/ou do site oficial do evento organizador da seletiva.

2.2. A pré-inscrição poderá ser feita por usuários já cadastrados no site wcsbr.com.br ou não. Os usuários já cadastrados terão a opção de importar os dados do cadastro e conferi-los. Já os novos usuários deverão fazer uma conta no sistema do WCS.

2.3. Só serão aceitas pré-inscrições com todas as informações preenchidas corretamente. Todas as pré-inscrições serão confirmadas por e-mail e/ou telefone. As inscrições com dados errados serão canceladas.

2.4. Deverão ser anexadas, junto à pré-inscrição, fotos dos dois participantes vestindo seus respectivos cosplays. Serão três fotos para cada participante da dupla: uma de frente, uma de perfil e uma de costas. As fotos deverão ser de corpo inteiro com fundo branco, creme ou cinza; e deverão ter o tamanho máximo de 700 Kb em formato .gif ou .jpg.

2.5. Caso o número de duplas inscritas seja superior ao número de vagas disponíveis (que será determinado pelo organizador da seletiva), uma pré-seleção será feita pela Editora JBC e o evento parceiro, baseada na avaliação dos quesitos cosplay (regra 5.2.) e fidelidade (regra 5.3.) – descritos nas regras gerais do concurso (http://henshin.uol.com.br/wcs/regras). Por isso, o envio de fotos de boa qualidade é de extrema importância.

2.6. O Candidato pode fazer a inscrição sem a necessidade de postar as fotos com o cosplay. Porém, deve obrigatoriamente enviar suas imagens para o e-mail wcsbr@editorajbc.com.br até o último dia da pré-inscrição.

2.7.
Os cosplayers que não enviarem imagens no período determinado, caso o número de inscritos ultrapasse o número de vagas disponíveis, a dupla será automaticamente cortada da pré-seleção e não poderá se apresentar.

2.8. A participação na audição só será oficializada depois de os integrantes assinarem a ficha de inscrição da dupla. O período para assinatura da ficha de inscrição será determinado pelo organizador, no local da seletiva. Os cosplayers deverão trazer junto com eles, na assinatura da inscrição, o áudio da apresentação e a referência dos personagens (quatro cópias impressas, uma para cada jurado).

2.9. No caso de participantes menores de idade, os pais terão de assinar as fichas de inscrição para oficializar a participação. O sistema do site vai disponibilizar as fichas para que os participantes menores de 18 anos possam imprimir e trazê-las assinadas durante o período de assinatura da ficha de inscrição.

2.10. As pré-inscrições só poderão ser efetuadas no período determinado pela Editora JBC e o evento parceiro. Com o término do período não será possível fazer a pré-inscrição. Salvo casos especiais analisados previamente pela organização.

2.11. Uma vez que a dupla realizar a pré-inscrição, eles não poderão desistir da seletiva. Os participantes que desistirem da seletiva depois de feita a pré-inscrição serão penalizados. Posteriormente, quando houver lotação de seletivas, eles serão cortados, mesmo que enviem fotos como o solicitado.

2.12. As regras para a apresentação serão as mesmas usadas na final do WCS Etapa JBC Brasil. Portanto, leia com muita atenção as regras oficiais.

III – Regras de Participação
3.1. Os participantes devem ter 18 (dezoito) anos ou mais. Caso os participantes sejam menores de idade (abaixo de 18 anos) precisarão de uma autorização dos pais ou de um maior responsável permitindo que viajem ao Japão.

3.2. Os candidatos devem ter disponibilidade para ir ao Japão durante um período de 10 (dez) dias, que compreende entre o fim de julho e o começo de agosto.

3.3. Os vencedores do WCS 2010 Etapa JBC Brasil já têm direito a uma vaga na final nacional do WCS 2011 – mediante a continuação do evento. Por sua vez, os vencedores de 2011 terão direito à vaga para 2012 e assim sucessivamente – salvo casos especiais a serem analisados pela comissão organizadora do evento (Editora JBC).

3.4. As seletivas aceitarão inscrições de indivíduos de nacionalidade brasileira e/ou naturalizados brasileiros, de qualquer Estado do Brasil. Por exemplo: uma seletiva em Porto Alegre poderá receber duplas de São Paulo.

3.5. O evento realizador da seletiva do WCS 2011 poderá restringir as inscrições apenas para sua região. Dessa forma, os cosplayers que residem em locais fora da região determinada pelo evento parceiro não poderão participar da seletiva em questão.

3.6. – Porém, se até 20 dias úteis antes da realização da seletiva não houver um mínimo de cinco duplas inscritas, o organizador terá de abrir a seletiva para o restante do País;

3.7. Todo o material de referência (imagens e informações referentes aos personagens que a pessoa interpretará) e som devem ser entregues na assinatura da inscrição.

3.8. Junto à ficha de inscrição, é preciso descrever o tipo de apresentação que será feita e materiais que serão usados, além de anexar desenhos e referências dos personagens escolhidos.

3.9. As referências de personagens deverão ter quatro cópias impressas, que serão destinadas para cada jurado da bancada.

3.10. A organização do WCS 2011 – Etapa JBC Brasil permite que o áudio da apresentação seja ao vivo, porém não se responsabiliza por eventuais falhas e/ou problemas com microfones e afins.

3.11. Cada dupla deverá trazer duas cópias em “CD áudio” da trilha sonora de sua apresentação na audição. A trilha deverá ser gravada em apenas uma faixa contínua do CD. Além dos CDs, a dupla poderá trazer a trilha em arquivo digital (por exemplo, em mp3) como material reserva para eventualidades. A dupla que não trouxer a trilha sonora da apresentação da forma requisitada será desclassificada.

3.12. A banca julgadora que definirá as duplas vencedoras em seletivas será formada por quatro jurados previamente cadastrados junto à organização do WCS 2011. Serão dois integrantes escolhidos pelo evento parceiro e dois integrantes indicados pela “Editora JBC”.

3.13. Uma mesma dupla poderá se inscrever em mais de uma audição. Mas depois de classificada, não poderá mais participar de seletivas.

3.14. Os organizadores dos eventos parceiros se comprometem a custear transporte, traslado e estadia da dupla finalista eleita na seletiva, para a final em São Paulo.

3.15. As duplas selecionadas serão representantes oficiais dos eventos que organizaram as seletivas. Por exemplo: o evento “Exemplo”, de São Paulo, selecionou uma dupla de Brasília como finalista. Essa dupla será representante do evento “Exemplo” no WCS 2011 e não representante de São Paulo ou Brasília. A divisão não será regional, mas sim por eventos.

3.16. A dupla de cosplayers selecionada no evento terá responsabilidade com o mesmo por 01 (Hum) ano no que diz respeito a ações de marketing, uso de imagem e possíveis palestras a respeito de suas experiências no concurso (custo de traslado, estadia e alimentação serão pagos pelo organizador da seletiva, caso necessário). O evento poderá firmar uma carta-acordo com seus patrocinados.

3.17. Para as seletivas e final brasileira só será permitido áudio em língua portuguesa. Portanto, não será permitido o uso do áudio em língua japonesa ou em qualquer outra língua que não a portuguesa.

3.18. No dia da realização da Final Brasileira, todos os finalistas deverão ter, obrigatoriamente, o passaporte brasileiro e todos os demais documentos para retirar o visto em mãos. Caso um dos integrantes e/ou a dupla não tenha os documentos, não poderão participar da final brasileira.

IV – Das Regras de Apresentação
4.1. As performances deverão ter 2 (dois) minutos e 30 (trinta) segundos. Os participantes terão 30 (trinta) segundos para preparar o palco e iniciar a performance; e 30 (trinta) segundos para desmontar a sua apresentação e sair do palco. Para cada meio minuto (30 segundos) extrapolado na apresentação na “Etapa JBC Brasil”, será descontado meio ponto (0,5) da soma final de pontos da dupla. Entende-se por meio minuto extrapolado, por exemplo, 2 (dois) minutos e 31 (trinta e um) segundos.

4.2. Para todos os efeitos, valerá o tempo cronometrado pela comissão organizadora, não valendo cronometragem de terceiros e/ou outras formas de apuração.

4.3. Entende-se por início da performance o momento em que a música da trilha sonora começar a tocar ou o momento em que a dupla fizer um sinal previamente acordado com a organização (caso a performance não comece com música).

4.4. Entende-se, por fim da performance, quando a trilha sonora acaba e os cosplayers agradecem.

4.5. Todos os efeitos especiais têm de ser secos. Não será permitido o uso de líquidos ou materiais viscosos. Também não será permitido o uso de acessórios ou objetos que possam colocar em risco a integridade física dos cosplayers, do público, dos jurados, tais como: fogo, fogos de artifício, armas de corte, armas brancas, armas de fogo, abrasivos, corrosivos, tinturas tóxicas, solventes, extintores, entre outras substâncias nocivas.

4.6. Será permitido que duas pessoas auxiliem os participantes a colocar cenários no palco. Porém, essas pessoas serão da organização do evento. Uma vez no palco, os cenários, objetos e acessórios deverão ser manuseados unicamente pela dupla.

4.7. Uma vez que a dupla participante aceitar ajuda de staff da organização, a mesma assume todos os riscos de possíveis acidentes. A organização do WCS 2011 Etapa JBC Brasil e das seletivas não se responsabiliza por eventuais acidentes envolvendo seu staff.

4.8. Mesmo que cenários sejam manipulados por outras pessoas, os 30 (trinta) segundos de montagem e desmontagem serão contados normalmente. A dupla deve estar ciente de que, ao aceitar a ajuda de staff do evento, está assumindo o risco de ter qualquer atraso em sua apresentação.

4.9. Não será permitido o uso de cenários ou acessórios que precisem ser pendurados, pregados, colados ou fixados ao palco. Os cenários e acessórios devem ser de fácil manuseio e transporte. Atentando que os mesmos serão manuseados, exclusivamente, pela própria dupla participante, que ficará responsável para que não sejam grandes e/ou pesados a ponto de não conseguir adentrar o local da apresentação.

4.10. O tamanho máximo permitido para cada parte que compõe o cenário utilizado em uma performance do WCS 2011 deverá ser, 2,10 m x 2,10 m x 0,90 m (altura x largura x profundidade). O cenário poderá sofrer alteração no palco, porém deverá sair no mesmo formato que entrou.

4.11. O cenário poderá ser composto por até três partes. Porém, cada uma das partes terá de respeitar a medida descrita no item 4.10.

4.12. Entende-se como cenário tudo aquilo que estiver no palco antes da apresentação. Entende-se como acessório todos os artefatos que entrarem com os cosplayers.

4.13. A soma do peso de roupas, cenários e acessórios usados na performance deverá ser de 40 (quarenta) quilos no máximo. No Brasil, as roupas não serão pesadas. Porém, a organização acompanhará as seletivas e alertará caso entenda que determinado participante excedeu o peso permitido.

4.14. A “Editora JBC” e TV Aichi não se responsabilizarão por eventuais acidentes que ocorram durante as apresentações na final brasileira e final japonesa.

4.15. A “Editora JBC” e/ou a TV Aichi” se reservam o direito de, em qualquer momento, analisar e verificar a apresentação de cada dupla finalista. Caso considerem que algo dentro da apresentação possa descumprir qualquer uma das regras citadas, como oferecer risco ao participante, à comissão, aos prestadores de serviço, jurados, convidados, público pagante do evento e demais pessoas que estiverem no local da apresentação, poderão vetar a utilização de quaisquer materiais que considerem perigosos e/ou desclassificar a dupla, não podendo referida decisão ser contestada.

V – Dos Critérios de Avaliação da Apresentação
5.1. Performance: interpretação, qualidade e impacto da apresentação, desenvoltura no palco, sincronia de movimentos e harmonia entre a dupla.

5.2.
Cosplay: acabamento da fantasia e se é manufaturada e/ou customizada, similaridade aos trajes originais do personagem, riqueza de acessórios e detalhes.

5.3. Fidelidade: fidelidade do cosplayer ao personagem, na interpretação, roupas, físico e performance.

5.4. As notas para os itens Performance e Cosplay terão intervalos de meio em meio ponto em uma escala de zero a dez, sendo zero a nota mínima e dez a nota máxima. Já o terceiro item, Fidelidade, terá intervalos de meio em meio ponto numa escala de zero a cinco, sendo zero a nota mínima e cinco a nota máxima.

5.5. Será considerada campeã a dupla que somar a maior quantidade de pontos absolutos em todos os critérios, entre todas as notas válidas dadas pelos jurados previamente selecionados pela comissão organizadora.

VI – Dos Critérios de Desempate
6.1. Em caso de empate na soma total dos pontos (Cosplay, Performance e Fidelidade), serão utilizados os seguintes critérios de desempate:

6.2. Para as duplas que estiverem com igualdade de pontos:
será considerada campeã a dupla que obtiver mais pontos na seguinte soma: total de pontos da Performance multiplicado por 3 + total de pontos do Cosplay + total de pontos de Fidelidade.

6.3. Persistindo o empate, o próximo critério de desempate será: total de pontos da Performance multiplicado por 3 + total de pontos do Cosplay multiplicado por 2 + total de pontos de Fidelidade.

6.4. Ainda persistindo o empate, a comissão organizadora do evento WCS 2010 – Etapa JBC Brasil decidirá quem será a dupla campeã.

VII – Das Regras para Participação na Etapa Final no Japão
7.1. Junto à ficha de inscrição, é preciso descrever o tipo de apresentação a ser feita, materiais que serão usados e anexar desenhos e referências dos personagens escolhidos. (Se possível em forma digital, gravados em CD).

7.2. Os participantes devem ter 18 (dezoito) anos ou mais. Caso os participantes sejam menores de idade (abaixo de 18 anos) precisarão de uma autorização dos pais ou de um maior responsável permitindo que viajem ao Japão.

7.3. Os candidatos devem ter disponibilidade para ir ao Japão durante um período de 10 (dez) dias, que compreende entre o fim de julho e o começo de agosto.

7.4. Custos por excesso de peso no embarque por causa de itens pessoais (fantasias, roupas, etc.) serão arcados pelo proprietário da bagagem. Tenha em mente essas questões ao escolher e fabricar suas fantasias. Custos com aquisição de passaporte, visto e despesas pessoais na viagem também serão arcados pelos finalistas.

7.5. Os cosplayers campeões das etapas nacionais deverão levar ao Japão três cosplays diferentes; um para a parada cosplay, um para o campeonato e um para as coletivas de imprensa e programas de TV. É obrigatório o uso de três cosplays diferentes nas atividades da final mundial.

7.6. A apresentação deverá ser a mesma realizada na preliminar brasileira, mas a dupla deverá se esforçar para refinar a performance até a final mundial.

7.7. Fantasias usadas para a parada e coletiva de imprensa pelos campeões nacionais não precisam pertencer ao mesmo mangá, anime ou videogame.

7.8. A dupla que for selecionada como representante brasileira para a final japonesa terá de se apresentar no Japão com áudio em língua japonesa.

7.9. As duplas devem preparar o áudio necessário para a sua performance. As vozes terão de ser dos próprios cosplayers ou de conhecidos, não sendo permitido o uso da voz original do dublador japonês.

7.10. Caso a apresentação na etapa final no Japão tenha música cantada ao vivo, os participantes devem praticar e estar preparados para cantá-las em japonês.

7.11. Os cosplays, cenários, acessórios e demais objetos deverão acompanhar os cosplayers em sua viagem ao Japão. Não será permitido o envio antecipado de materiais por quaisquer outros meios de transporte.

7.12. Cada parte do cenário usado nas performances para o WCS 2011 deverá respeitar a medida máxima de 2,10 m x 2,10 m x 0,90 m (altura x largura x profundidade). As partes poderão sofrer alteração enquanto estiverem no palco, porém, devem sair do mesmo tamanho que entraram.

7.13. O cenário poderá ser composto de três partes, porém cada uma das partes terá de respeitar a medida descrita no item 7.12.

7.14. A soma do peso de cosplay, acessórios e cenário deverá ser de 40 quilos no máximo. Os participantes que não respeitarem essa limitação serão desclassificados.

7.15. Os participantes poderão usar o recurso de ter um cenário em vídeo. Porém, esse material não poderá conter desenhos, música ou imagens originais de animes, games ou mangás. Todo o conteúdo deverá ser criado pelos próprios participantes.

Últimas notícias Veja o nosso arquivo

Resultados da Final do WCS 2014 Brasil Dupla vencedora já tem vaga no mundial de 2015 A banca de jurados do WCS 2014 Brasil A difícil tarefa de escolher a melhor dupla de cosplay do Brasil! Os finalistas do WCS 2014 Conheça os participantes dessa edição.
Parceiros
Trofeus Friendz
Realização
Japorama World Cosplay Summit
Sites JBC
- Editora JBC - AkibaSpace - Mangás JBC - Henshin! - Made in Japan - Livros JBC - Hashitag - Restaurantes Japoneses
Informativo WCS